segunda-feira, 4 de maio de 2009

O melhor do Brasil

Declarar que algum jogador é o melhor de sua posição é algo muito complicado. Afinal, o futebol brasileiro é um grande celeiro de craques e sempre haverá discussão sobre quem joga mais. Todos têm opinião e toda opinião tem que ser levada em conta. Pois bem, darei a minha.

O Brasil, há bem pouco tempo atrás, carecia de bons goleiros. Até mesmo o Taffarel, campeão mundial, nunca foi unanimidade. Porém, de uns tempos pra cá essa história vem mudando. Tivemos um Dida em grande fase, Rogério Ceni virando maior ídolo de um grande clube como o São Paulo, Marcos sendo canonizado no Palmeiras e na Seleção e, mais recentemente, Júlio César, titular absoluto do Brasil e da Inter de Milão, um dos melhores do mundo.

Há ótimos goleiros brasileiros atuando por aqui e no exterior. Além dos já citados acima, temos a nova geração chegando com tudo, como Diego Cavalieri, Diego Alves, Victor e, principalmente, Bruno. O goleiro do Flamengo já vem mostrando que é um dos grandes do Brasil há tempos. Desde que chegou ao Rubro-Negro evoluiu demais, virou ídolo da torcida e se consolidou como titular absoluto.
Bruno, para mim, é um goleiro completo. É muito ágil, vai bem tanto nas bolas rasteiras, quanto nas altas, sai muito bem do gol, repõe a bola com velocidade e precisão, sabe jogar bem com os pés, é um exímio pegador de penaltis, cresce em momentos decisivos e até bate faltas. Talvez ainda falte um pouco mais de maturidade e cabeça, já que às vezes se mete em algumas polêmicas.

Mesmo assim, não vejo goleiro melhor atuando no futebol brasileiro atualmente. Talvez os únicos que cheguem perto sejam o Fábio, do Cruzeiro, e o Victor, do Grêmio. Mas ainda estão em um degrau abaixo. Na final do Estadual do Rio, diante do Botafogo, Bruno voltou a mostrar seu potencial, defendendo nada mais nada menos do que 3 penalidades. Convenhamos que isso não é algo comum de se acontecer.
Por isso, acho que o Bruno merece uma chance na Seleção, especialmente agora que Doni, reserva imediato de Julio César ( e menos goleiro que o camisa 1 da Gávea), lesionou o joelho e ficará fora da Copa das Confederações.

Abra o olho Dunga!

7 comentários:

Júnior Maurell disse...

Concordo com vc ........Estava escrevendo um post sobre isso, quando vi o seu postado. O Bruno é um craque na sua posição...Não vejo dois goleiros acima dele nesse momento para o Dunga convocar. Ele pode inventar, como estão falando ae em relação ao Rubinho do Genoa da Itália. Sou mais o Brunão !!!

Ameno disse...

Bruno seleção? Vocês só podem estar brincando!

Antes dele tem o Doni, Marcos, Rubinho, Gomes...

Bruno é desequilibrado, desagregador, maluco e irresponsável.

Ou vocês já esqueceram do episódio com o Andrade?

Rafael disse...

Doni, Rubinho e Gomes? Acho que você que está de brincadeira.

E o Marcos já teve a sua fase. Hoje é muito irregular.

Júnior Maurell disse...

Amigo Ameno....as opiniões são pessoais ..........Agora o Marcão é fenômeno, pentacampeão, mas já passou... Doni está muito abaixo, foi um invenção do Dunga e Rubinho não dá....antes desses , além do Bruno tem o Vitor do GrÊmio e o Felipe do Corinthians!!!

A voz da verdade disse...

Isso aqui tá muito parcial.

Bruno é brincadeira de mal gosto.

Seleção não é brincadeira.

Felipe Vasconcellos disse...

Ser parcial é negar o talento de alguém só porque este joga no Flamengo, o que, apesar da falta de identificação do amigo, é fácil de perceber que o incomoda.

Slide away disse...

Pelo contrário, digníssimo Felipe Vasconcellos.

Seja no Corinthians, no Atlético-MG, no Flamengo, no Oviedo ou onde quiser que seja: Bruno não tem capacidade de ser goleiro de Seleção Brasileira.

Seleção não leva em consideração apenas a capacidade técnica. Isso é relevante, claro, mas um jogador com a índole deturpada - como a dele - não pode e não deve fazer parte de um grupo de elite.

Bruno é doente mental. Sugiro que você tenha o mínimo de contato com ele para entender o que eu estou falando.

E só.